Pärlans, a visitar em Estocolmo

Nunca estive em Estocolmo, mas um dia que lá for, terei a Pärlans como um dos sítios obrigatórios a visitar. Aqui fazem-se caramelos artesanais com natas frescas orgânicas, manteiga verdadeira e açúcar. Mas, como se não bastasse o facto de os caramelos serem de cair para o lado, as mentoras desta pequena loja não deixam nada ao acaso: o styling das próprias (que é o máximo), as embalagens (que apetece guardar) e depois a simplicidade e um excelente bom gosto do espaço. Adoro!

A Pärlans fica na Nytorgsgatan 38. Aberta de segunda a sexta, das 11h às 18h e sábados das 11h às 17h.

Sejam bem-vindos ao novo ABFO!

A essência e a forma como o Abram a Boca e Fechem os Olhos sempre falou de: comida, espaços, restaurantes, chefs, livros e tudo o mais que tenha a ver com gastronomia, mantêm-se. 

A grande alteração será sem dúvida o grafismo, bastante mais clean e as imagens maiores.

Terei também uma secção a que chamei Catering e que está relacionada com os serviços de catering que presto.

Ah, claro e a loja! Aqui pode encontrar alguns produtos da CABANA, um projeto recente em parceria com O Editorial e que me enche de orgulho!

Massa de arroz com camarões e twist oriental

Para duas pessoas...

Ingredientes:

4 camarões, 150 g de massa de arroz, um molho de coentros, uma lima, um polegar de gengibre, dois dentes de alho, azeite e molho de soja q.b., duas colheres de chá de malaguetas em flocos e de sementes de sésamo.

Preparação:

- Esmague os dentes de alho sem retirar a pele e coloque numa frigideira com o azeite, quando este estiver quente salte-e os camarões até ficarem rosados (entre 2 a 4 minutos, não passe demais para que não sequem). Quando estiverem quase prontos tempere-os com um pouco de sal e a malagueta em flocos. Já fora do lume,  junte o gengibre ralado na hora e reserve.

- Leve ao lume água, o suficiente para cobrir a massa de arroz. Quando esta estiver a ferver, verta-a sobre a massa de arroz e deixe-a hidratar durante cerca de 3 minutos. Pique os coentros utilizando também os talos.

- Escorra  a massa de arroz e coloque-a no prato onde vai servir. Disponha os camarões (se quiser pode retirar a casca, mas deixe a cabeça que tem muito sabor), salpique com os coentros picados, regue com sumo de lima e um pouco de molho de soja. Termine com sementes de sésamo.

 

Shopping: Tábua de madeira Gonçalo Prudêncio à venda na Cabana

Tarte Tatin

Ingredientes:

- 650g de maçãs (equivalente a quatro maçãs médias)

- 110g de manteiga sem sal à temperatura ambiente

- 130g de açúcar

- 1 pitada de sal

- 1 pitada de cinco especiarias (opcional)

- 1 vagem de baunilha

- 8 cravinhos

- 1 embalagem de massa folhada redonda (28cm de diâmetro)

Preparação:

- Pré-aqueça o forno a 180º. Descasque as maçãs, corte-as em metades e retire o caroço

- Coloca a manteiga numa frigideira com 26cm ou um pouco mais pequena, junte o açúcar, a pitada de sal e as cinco especiarias.

- Corte a vagem de baunilha ao meio e coloque-a na frigideira em forma de cruz, a seguir disponha as maçãs com a parte lisa para baixo e espete os cravinhos nas maçãs. 

- Coloque a massa folhada sobre as maçãs, colocando as extremidades da massa folhada por baixo da maçã. Fure a massa com um garfo várias vezes. Leve ao lume (médio) durante cerca de 15 minutos, abanando a frigideira para que não pegue. 

- Quando a maçã e o açúcar começarem a criar um xarope, com a ajuda de uma colher de sopa, regue esse mesmo xarope sobre a massa folhada. Certifique-se que a rega por igual, para que o resultado seja uniforme. Quando esta calda começar a atingir um tom âmbar, coloque a frigideira no forno a 180º e deixe durante 20 a 25 minutos ou até a massa ficar tostada. Quando estiver pronta, retire-a do forno. Aguarde cinco minutos para a colocar no prato, deve ser empratada com as maçãs para cima. Sirva com uma bola de gelado de nata, quando ainda estiver morna.

Nota: Use uma frigideira com pega de metal e não de plástico.